Em defesa do funk

Eu to começando a achar que deve ser conspiração
Violência de gênero na periferia, culpa do funk putaria
Drogas, crminalização, culpa do funk proibidão
Consumismo, gastos por compulsão, influência do funk ostentação
Abre teu olho, parça
Repara nos outros estilos de música e vê se neles também não tem
apologia, putaria, machismo
até mesmo consumismo
você acha que hip hop é catecismo?
entrou no sarau e no hip hop logo serão salvos
mano , não seja assim otário
funk é sim produção cultural autêntica da periferia
e se você acha que antigamente era melhorzinho
larga de ser hipócrita que James Brown cantava tanta pornografia e sexismo quanto o MC Magrinho
o funk tem seus problemas e precisa melhorar
mas se tu acha que funkeiro tudo é alienado e consumista sem noção
você é só mais um bico zé povinhando a nossa movimentação
se tu não sabe o significado e qual o corre
pega o beco com seu falso-moralismo e não embaça
funk é cultura sim, vai ter que engolir essa, parça!
orgulho, alegria, identidade
funk também é produto da comunidade
seja funk passinho, ostentação, putaria ou até apologia
seja o paulista ou carioca
da baixada ou da capital
o funk é nosso patrimônio cultural
tem suas treta, seus problema a se resolver
não vai ser com a sua crítica hipócrita e moralista que isso vai acontecer
o funk tá vivão, vivendo e só tende a crescer
pro incomodo da burguesia racista e surpresa: de você
poxa irmão, sabia que esse mesmo preconceito o samba também já sofreu?
sua memória é tão curta assim, já esqueceu?
o samba um dia foi considerado música de bandido e de puta
olha que coincidência depois de tanta luta
outro som de preto de favelado sendo estigmatizado
e pior: o próprio povo da perifa sai malhando
mas enquanto ceis falam mal o funk cresce, o funk sobe
geral tá embrasando no passinho do romano
quanto mais falam mal, mais aumenta nosso ibope
pra ser mulher política consciente , eu não preciso largar meu funk não
enquanto ceis falam mal
o funk cresce e vai ganhando o mundão
luto contra o machismo dentro e fora do funk
sem perder meu rebolado
porque se eu não puder descer até o chão
nem de longe é a minha revolução.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s